Universidade de Ciências Aplicadas de Castelo Branco

Introdução

O Instituto Politécnico de Castelo Branco (IPCB) é uma instituição pública de ensino superior, cuja cultura institucional se caracteriza pela riqueza proveniente da diversidade e singularidade próprias de cada uma das seis escolas que o constituem, Agrária, Artes Aplicadas, Educação, Gestão, Saúde e Tecnologia.

O desenvolvimento do IPCB, que assenta em pilares claramente identificados no seu plano estratégico, caracteriza-se pela exigência de elevados níveis de qualidade, internacionalmente reconhecidos. Para além de adotar as normas da European Association for Quality Assurance for Higher Education (ENQA) e as recomendações da European University Association (EUA), o Instituto Politécnico de Castelo Branco tem o seu Sistema de Gestão de Qualidade certificado pela norma ISO 9001:2008. Apesar dos resultados alcançados, importa que esses níveis de exigência sejam reforçados e visíveis nas várias vertentes da missão da Instituição, porque esse é o único caminho para a consolidação do IPCB, desafio que põe à prova cada um de nós individualmente e toda a comunidade académica coletivamente: docentes, estudantes, não docentes e agentes externos.

A disponibilização de um leque alargado de ofertas formativas, ao nível graduado e pós-graduado, a forte ligação ao mundo empresarial, educativo, social e cultural, a estreita articulação com o mercado do trabalho, a transferência de conhecimento e tecnologia e a estratégia de internacionalização, são apostas que garantem aos nossos diplomados uma formação integral, através da aquisição e desenvolvimento de competências científicas e técnicas, linguísticas, relacionais e culturais, preparando-os assim para responderem de forma competitiva às solicitações de um mercado de trabalho sem fronteiras, mas proporcionando-lhes também condições para poderem vir a desenvolver a sua própria atividade, através de incentivos à criatividade e ao empreendedorismo. A disponibilização de programas de aprendizagem ao longo da vida permite, ainda, aos que já são possuidores de formação superior ou que já estão inseridos no mercado de trabalho, a adaptação necessária aos novos desafios e às novas exigências.

Conhecemos a dimensão dos desafios e temos consciência plena do papel e da responsabilidade do IPCB no futuro do país e no desenvolvimento da região. Mas assumimos essa condição e o compromisso de liderar este projeto ao serviço do conhecimento e das pessoas.

Sejam bem-vindos ao Instituto Politécnico de Castelo Branco!

Esta escola oferece programas em:
  • English
  • Spanish
  • French
  • Portuguese

Veja BA » Veja BSc »

Programas

Esta escola também oferece:

BSc

Licenciatura/Graduação em Agronomia

campus 3 anos September 2016 Portugal Castelo Branco

Os licenciados em Agronomia deverão possuir um conjunto de competências específicas que permitam programar, coordenar e executar as atividades de produção vegetal e produção animal, em contexto de exploração agrícola, estando capacitados para assegurar: a quantidade e qualidade das produções, a redução do impacte ambiental do ato produtivo, a qualidade alimentar dos consumidores; programar, coordenar e executar as atividades de apoio ou suporte à produção agrícola ao nível de empresas prestadoras de serviços ou fornecedoras de fatores de produção às várias componentes do sector primário. Objetiva-se uma formação polivalente e de base que confira competências para trabalhar nas diversas áreas do setor agroalimentar, da produção ao consumo. [+]

Objetivos de aprendizagem: Durante o seu percurso formativo na ESACB, os licenciados em Agronomia desenvolverão competências para exercer uma atividade profissional, habilitando-os a planear, dirigir e executar, todas as tarefas práticas e técnicas inerentes às explorações agrícolas, agropecuárias e agro-florestais, às empresas ou instituições que, a montante ou a jusante da atividade produtiva, lhes prestam serviços, lhes fornecem bens ou utilizam os seus produtos, quer como trabalhadores por conta de outrem, quer como empresários, quer como profissionais liberais, dentro dos princípios de uma agricultura sustentável e no respeito pela qualidade e segurança alimentar e ambiental. A sua formação permite-lhes, também, o desenvolvimento de capacidades ao nível da recolha, seleção e interpretação de informação relevante, que os habilite a fundamentarem as soluções que preconizam e os juízos que emitem, incluindo na análise os aspetos sociais, científicos e éticos relevantes. Saídas Profissionais Organizações de agricultores: Confederações de agricultores, cooperativas, agrupamentos de agricultores, sindicatos e outras: como membros da direção; responsáveis técnicos; intervenientes no apoio técnico; gestão de parques de maquinaria. Empresas: Empresas Agrícolas, de Produção Animal e Agro-Florestais; Empresas de produção de sementes e plantas, de produção e comercialização de produtos agro-químicos (fertilizantes, produtos fitofarmacêuticos e outros), de maquinaria e equipamentos agro-pecuários, de alimentos compostos, de leites e produtos lácteos, de carnes e produtos cárneos, de produção e comercialização de aditivos. Poderão intervir na experimentação, na divulgação, assistência técnica e na venda; como responsáveis pela gestão de explorações agro-pecuárias. Empresas Privadas; Empresários por conta própria; Ministérios (Agricultura; Economia; Educação; Trabalho); Câmaras Municipais; Organizações de Crédito; Centros de Gestão; Estatísticas. [-]

Licenciatura/Graduação em Biotecnologia Alimentar

campus 3 anos September 2016 Portugal Castelo Branco

Desenvolvimento de tecnologias que possam operar em harmonia com a biologia dos seres vivos, sendo os suportes tecnológicos da transformação de alimentos e dos seus processos biológicos uma área de intensa e frutuosa investigação; áreas como as tecnologias fermentativas, engenharia genética, bioprocessos, química e estrutura dos alimentos; qualidade e segurança alimentar, tais como HACCP, novos métodos de análise química e organoléptica; toxicologia de alimentos; alimentos transgénicos e biológicos; inovação na indústria alimentar; normalização e legislação na qualidade alimentar; distribuição e marketing e preocupação e protecção ambiental são aspectos fortes desta licenciatura. Utilização e desenvolvimento das indústrias associadas aos processos de produção, transformação e comercialização de produtos por forma a se contribuir para um desenvolvimento sustentado e equilibrado. Assim é dado destaque à formação nas áreas da poluição, das técnicas de tratamento de efluentes e valorização de resíduos. [+]

Objectivos Os alunos devem conhecer com profundidade os alimentos, de modo a gerir a transformação das matérias-primas, visando a optimização de tecnologias de forma a preservar o seu valor nutricional e sensorial, tendo em conta todos os aspectos relacionados com a gestão da qualidade, ambiental e da segurança alimentar. Deverão estar aptos para efectuar a caracterização e controlo de parâmetros biológicos e físico- químicos, microbiológicos e sensoriais dos alimentos. Por ultimo um técnico com a formação de Engenharia Biológica e alimentar deverá saber utilizar os conhecimentos adquiridos para recolher, selecionar, analisar e interpretar informação relevante de forma a fundamentar soluções no seu local de trabalho. Saídas Profissionais - Empresas - Indústrias biotecnológicas - Indústrias alimentares com processos essencialmente físicos ou físico-químicos - Indústrias alimentares de processamento de carnes, pescado e seus derivados - Indústria farmacêutica - Estações de tratamento de águas, estações de tratamento de águas residuais e estações de tratamento de resíduos sólidos - Laboratórios de análises - Empresas de consultadoria - Empresas de comercialização de material científico e tecnológico - Actividades de I&D - Empresas de comercialização de produtos agrícolas ou produtos para a agricultura - Administração Pública - Controlo de qualidade de produtos alimentares - Supervisão técnica - Divulgação e informação - Actividades de ensino a diversos níveis, desde o ensino secundário via ensino ou via profissionalizante até ao ensino superior [-]

Licenciatura/Graduação em Engenharia de Protecção Civil

campus 3 anos September 2016 Portugal Castelo Branco

A criação dos Gabinetes Municipais de Protecção Civil levou a uma importante necessidade de técnicos e especialistas formados com uma visão inter-disciplinar e integradora em relação aos problemas e desafios colocados nestas temáticas. Colmatar a indisponibilidade objectiva do mercado para fornecer, no imediato, técnicos com a formação adequada a estas exigências, e o sistema de ensino vem desta forma colmatar tal situação. Potenciar maior profissionalização, maior exigência em termos das capacidades e competências dos agentes do sector da Protecção Civil e sobretudo acrescida capacidade para trabalhar num sistema de networking próprio do novo esquema organizativo. Actuar em redes de cooperação internacionais, onde mais uma vez se justifica a necessidade de indivíduos devidamente formados para lidar com essa realidade. [+]

Objectivos - A criação dos Gabinetes Municipais de Protecção Civil levou a uma importante necessidade de técnicos e especialistas formados com uma visão inter-disciplinar e integradora em relação aos problemas e desafios colocados nestas temáticas - Colmatar a indisponibilidade objectiva do mercado para fornecer, no imediato, técnicos com a formação adequada a estas exigências, e o sistema de ensino vem desta forma colmatar tal situação - Potenciar maior profissionalização, maior exigência em termos das capacidades e competências dos agentes do sector da Protecção Civil e sobretudo acrescida capacidade para trabalhar num sistema de networking próprio do novo esquema organizativo - Actuar em redes de cooperação internacionais, onde mais uma vez se justifica a necessidade de indivíduos devidamente formados para lidar com essa realidade Saídas Profissionais - Autarquias e Gabinetes de Protecção Civil, ao nível local, regional e nacional - Organizações, institutos e instâncias públicas e privadas com competências ou intervenção nas áreas da protecção civil - Gabinetes de protecção e segurança de empresas públicas e privadas - Empresas de segurança, projecto e desenvolvimento, produção e comercialização de equipamentos de segurança - Técnicos de protecção civil em agências internacionais - Organismos públicos de investigação criminal - Actividades de prestação de serviços de consultoria e assessoria - Prestação de serviços de formação - Actividades de I&D, em especial na vertente aplicada - Actividade no domínio do planeamento e ordenamento territorial, nas vertentes de prevenção de riscos e planos de emergência [-]

Licenciatura/Graduação em Engenharia Civil

campus 3 anos September 2016 Portugal Castelo Branco

A formação proposta tem um desenvolvimento claramente multidisciplinar nas grandes áreas de intervenção do Engenheiro Civil: Construções, Estruturas, Hidráulica, Geotecnia e Planeamento, com expressão em cada uma delas para o planeamento, conceção, projeto, construção, produção, manutenção, reabilitação e gestão de empreendimentos. Neste sentido é uma formação abrangente, sem incidência particular em qualquer uma das áreas de especialização do Engenheiro Civil. Sendo um curso de 1º ciclo, a formação visa essencialmente a preparação para o exercício da profissão, vocacionada para atividades de aplicação de processos produtivos, atividades de manutenção, execução e materialização de soluções correntes. Esta transmissão de conhecimentos é essencialmente realizada através da aplicação em contexto prático, privilegiando-se a construção de uma aprendizagem baseada no “aprender a fazer”. [+]

Objectivos A formação proposta tem um desenvolvimento claramente multidisciplinar nas grandes áreas de intervenção do Engenheiro Civil: Construções, Estruturas, Hidráulica, Geotecnia e Planeamento, com expressão em cada uma delas para o planeamento, conceção, projeto, construção, produção, manutenção, reabilitação e gestão de empreendimentos. Neste sentido é uma formação abrangente, sem incidência particular em qualquer uma das áreas de especialização do Engenheiro Civil. Sendo um curso de 1º ciclo, a formação visa essencialmente a preparação para o exercício da profissão, vocacionada para atividades de aplicação de processos produtivos, atividades de manutenção, execução e materialização de soluções correntes. Esta transmissão de conhecimentos é essencialmente realizada através da aplicação em contexto prático, privilegiando-se a construção de uma aprendizagem baseada no "aprender a fazer". Saidas Profissionais - Empresas de Construção Civil - Administração Pública Central e Local - Gabinetes de Projectos/Fiscalização de Obras - Laboratórios - Profissão liberal - Elaboração e apreciação de projectos, adjudicação, direcção e fiscalização de obras - Apreciação de propostas para aquisição e controlo de qualidade dos materiais e equipamentos, assistência e consultoria técnicas [-]

Licenciatura/Graduação em Engenharia Informática

campus 3 anos September 2016 Portugal Castelo Branco

Formação de profissionais capazes de especificar, projectar, implementar e gerir Sistemas e Redes Informáticas Empresariais, fixas ou móveis. A formação é essencialmente prática e abrange um conjunto muito vasto de diferentes áreas da Engenharia Informática, incluindo: Aplicações Internet | Redes de Computadores | Comunicação e Computação Móvel | Segurança Informática | Gestão e Administração de Linux e Windows | Ciências Empresariais | Linguagens de Programação | Bases de Dados | Informática Industrial | Sistemas Informáticos Empresariais [+]

Objectivos Formação de profissionais capazes de especificar, projectar, implementar e gerir Sistemas e Redes Informáticas Empresariais, fixas ou móveis. A formação é essencialmente prática e abrange um conjunto muito vasto de diferentes áreas da Engenharia Informática, incluindo: - Aplicações Internet - Redes de Computadores - Comunicação e Computação Móvel - Segurança Informática - Gestão e Administração de Linux e Windows - Ciências Empresariais - Linguagens de Programação - Bases de Dados - Informática Industrial - Sistemas Informáticos Empresariais Saidas Profissionais De entre as competências proporcionadas pela Licenciatura em Engenharia Informática, enumeram-se em seguida exêmplos de áreas onde podem ser aplicadas: Administação de Sistemas • Computação Móvel • Cloud Computing • Desenvolvimento de Sofware • Gestão de Projetos • Gestão de Bases de Dados • Linguagem Web • Multimédia • Redes de Comunicação, Segurança e Internet • Sistemas de Informação • Sistemas Operativos • Entre outras... [-]

Licenciatura/Graduação em Tecnologias da Informação e Multimédia

campus 3 anos September 2016 Portugal Castelo Branco

Formação de profissionais capazes de projectar, implementar e manter aplicações de software e sistemas de informação, estando especialmente direccionados para o desenvolvimento de aplicações e conteúdos multimédia. Será colocada uma ênfase especial em quatro perfis de formação profissionalizante: Multimédia e Conteúdos Internet; Programação e Engenharia de Software; Bases de Dados e Sistemas de Informação;Sistemas Inteligentes e de Apoio à Decisão. [+]

Objectivos Formação de profissionais capazes de projectar, implementar e manter aplicações de software e sistemas de informação, estando especialmente direccionados para o desenvolvimento de aplicações e conteúdos multimédia. Será colocada uma ênfase especial em quatro perfis de formação profissionalizante: Multimédia e Conteúdos Internet; Programação e Engenharia de Software; Bases de Dados e Sistemas de Informação;Sistemas Inteligentes e de Apoio à Decisão Saidas Profissionais - Gestor de Projecto Multimédia - Gestor de Conteúdos - Web Designer - Programador Web - Gestor de Publicidade Web - Administrador de Bases de Dados - Programador de Bases de Dados - Gestor de Projectos de Sistemas de Informação - Consultor de Sistemas de Informação - Administrador de Sistemas de Informação - Analista de Dados - Programador de Sistemas Inteligentes - Consultor de Apoio à Decisão - Analista de Sistemas - Programador de Sistemas - Gestor de Contas/Clientes de Sistemas de Informação - Técnico Comercial de Sistemas de Informação - Técnico de HelpDesk [-]

Licenciatura/Graduação em Engenharia Electrotécnica e das Telecomunicações

campus 3 anos September 2016 Portugal Castelo Branco

Formação de Engenheiros com competências sólidas na área de Electrónica, Redes e Telecomunicações que lhes possibilitem um bom desempenho profissional nas áreas de projecto e manutenção de sistemas envolvendo os domínios referidos | Permanente actualização do conhecimento adquirido | Aquisição de conhecimentos com uma forte componente prática com o objectivo de intergrar e reforçar a componente teórica leccionada | Formação orientada de acordo com princípios éticos e profissionais de rigor, de competência técnica, de polivalência, de facilidade de adaptação, de trabalho em equipa em áreas multidisciplinares e capacidade de organização, de liderança, empreendedorismo e conhecimento do mercado. [+]

Objectivos - Formação de Engenheiros com competências sólidas na área de Electrónica, Redes e Telecomunicações que lhes possibilitem um bom desempenho profissional nas áreas de projecto e manutenção de sistemas envolvendo os domínios referidos - Permanente actualização do conhecimento adquirido - Aquisição de conhecimentos com uma forte componente prática com o objectivo de intergrar e reforçar a componente teórica leccionada - Formação orientada de acordo com princípios éticos e profissionais de rigor, de competência técnica, de polivalência, de facilidade de adaptação, de trabalho em equipa em áreas multidisciplinares e capacidade de organização, de liderança, empreendedorismo e conhecimento do mercado Saidas Profissionais - Operações de Sistemas de Telecomunicações - Administração e Gestão de Computadores - Planeamento de Sistemas de Comunicações Móveis - Projecto de Sistemas de Propagação Rádio e Ópticos - Projecto de Sistemas Electrónicos - Desenvolvimento de Hardware - Manutenção de Sistemas Computacionais - Processamento Digital de Som e Imagem - Integração de Tecnologias [-]

Licenciatura/Graduação em Engenharia Industrial

campus 3 anos September 2016 Portugal Castelo Branco

DESCRIÇÃO / SHORT DESCRIPTION Formar Engenheiros com qualificação versátil e polivalente que lhes permita caracterizar e solucionar os problemas de engenharia decorrentes da actividade das empresas e organizações actuais, com especial ênfase nas de projecto e gestão de aplicações industriais | Adquirir competências associadas a um perfil de banda larga que nesta estrutura singular e pioneira do nosso país que alia as vertentes da engenharia com as da organização e gestão | Formar profissionais habilitados a focalizar a sua actividade profissional futura em âmbitos tão diversos como os da manutenção, gestão e controlo da qualidade, automação e robótica, projecto e construção mecânica, tecnologias energéticas, aspectos ambientais, processos de fabrico e organização dos sistemas produtivos | Proporcionar estágios curriculares em ambiente industrial, de modo a garantir um primeiro contacto com o mundo de trabalho, numa fase em que a experiência se mostra decisiva na contratação de técnicos por parte das empresas e organizações | Registar elevadas taxas de empregabilidade (acima de 90%) em empresas e organizações da região, nacionais e também estrangeiras, sendo reconhecido a estes diplomados pelos seus empregadores elevadas competências técnicas e profissionais. [+]

Objectivos - Formar Engenheiros com qualificação versátil e polivalente que lhes permita caracterizar e solucionar os problemas de engenharia decorrentes da actividade das empresas e organizações actuais, com especial ênfase nas de projecto e gestão de aplicações industriais - Adquirir competências associadas a um perfil de banda larga que nesta estrutura singular e pioneira do nosso país que alia as vertentes da engenharia com as da organização e gestão - Formar profissionais habilitados a focalizar a sua actividade profissional futura em âmbitos tão diversos como os da manutenção, gestão e controlo da qualidade, automação e robótica, projecto e construção mecânica, tecnologias energéticas, aspectos ambientais, processos de fabrico e organização dos sistemas produtivos - Proporcionar estágios curriculares em ambiente industrial, de modo a garantir um primeiro contacto com o mundo de trabalho, numa fase em que a experiência se mostra decisiva na contratação de técnicos por parte das empresas e organizações - Registar elevadas taxas de empregabilidade (acima de 90%) em empresas e organizações da região, nacionais e também estrangeiras, sendo reconhecido a estes diplomados pelos seus empregadores elevadas competências técnicas e profissionais Saidas Profissionais A versatilidade do curso através de uma combinação única de conhecimentos científicos e experiências em metodologias de engenharia e de gestão constitui um perfil de qualificações profissionais que garantem uma rápida inserção no mercado laboral, nomeadamente: Mercados: - Indústria Automóvel - Indústria Eléctrica - Indústria Metalomecânica - Empresas Industriais - Transportes - Hopitais Funções: - Técnicos Superiores de Manutenção - Técnicos Superiores de Higiene e Segurança no Trabalho - Técnicos Superiores de Refrigeração - Auditores de Energia - Auditores de Qualidade - Gestores de Produção - Técnicos de Produção - Concepção de Equipamentos - Elaboração de Projectos de Instalações Industriais - Elaboração de Projectos de Ar Condicionado/Aquecimento - Elaboração de Projectos de Automação e Controlo - Desenhadores Técnicos - Manutenção de Equipamentos - Instalação de Equipamentos - Auditoria de Energia - Auditoria de Higiene e Segurança Industrial - Técnicos Responsáveis em Centros de Inspecção Automóvel - Autarquias locais, nomeadamente Serviços Municipalizados [-]

Licenciatura/Graduação em Engenharia das Energias Renováveis

campus 3 anos September 2016 Portugal Castelo Branco

A Licenciatura em Engenharia das Energias Renováveis visa formar recursos humanos com as competências adequadas para o vasto leque das necessidades das indústrias emergentes no país (e na região) no sector das energias renováveis, promovendo a sua competitividade e sustentabilidade. Os seus principais objectivos são: Formar técnicos superiores na área das Energias Renováveis, com conhecimentos especializados na aplicação e integração das tecnologias associadas às energias renováveis, com vista ao aproveitamento, racionalização e produção de energia (térmica e/ou eléctrica) | Contribuir para o desenvolvimento das energias renováveis em Portugal e dar resposta à necessidade de técnicos superiores numa área carente de oferta de formação qualificada, nomeadamente na zona onde se insere esta instituição de ensino superior | Contribuir para a diminuição dos efeitos ambientais negativos decorrentes da utilização das energias fósseis, ao formar técnicos superiores que saibam harmonizar as soluções energéticas mais adequadas e ambientalmente mais sustentáveis para cada situação | Gerar oportunidades de negócio num ambiente de liberalização do mercado da energia. [+]

Objectivos A Licenciatura em Engenharia das Energias Renováveis visa formar recursos humanos com as competências adequadas para o vasto leque das necessidades das indústrias emergentes no país (e na região) no sector das energias renováveis, promovendo a sua competitividade e sustentabilidade. Os seus principais objectivos são: - Formar técnicos superiores na área das Energias Renováveis, com conhecimentos especializados na aplicação e integração das tecnologias associadas às energias renováveis, com vista ao aproveitamento, racionalização e produção de energia (térmica e/ou eléctrica); - Contribuir para o desenvolvimento das energias renováveis em Portugal e dar resposta à necessidade de técnicos superiores numa área carente de oferta de formação qualificada, nomeadamente na zona onde se insere esta instituição de ensino superior; - Contribuir para a diminuição dos efeitos ambientais negativos decorrentes da utilização das energias fósseis, ao formar técnicos superiores que saibam harmonizar as soluções energéticas mais adequadas e ambientalmente mais sustentáveis para cada situação; - Gerar oportunidades de negócio num ambiente de liberalização do mercado da energia. Saidas Profissionais Após conclusão do curso, os licenciados em Engenharia das Energias Renováveis terão as seguinte saídas profissionais: - Desenvolvimento de projectos na área da instalação e produção de sistemas que utilizem Energias Renováveis, de forma isolada ou integrada; - Consultadoria na área das Energias Renováveis (projecto, análise de viabilidade técnico/económica de projectos, avaliação das melhores práticas/técnicas); - Manutenção e assistência técnica a equipamentos e sistemas de aproveitamento de Energias Renováveis; - Desenvolvimento e integração de soluções para produção de energia a partir de fontes renováveis; - Gestão de sistemas e processos que utilizem Energias Renováveis. [-]

Licenciatura/Graduação em Educação Básica

campus 3 anos September 2016 Portugal Castelo Branco

Desenvolvimento de competências relacionais adequadas ao exercício de funções no âmbito de educação de crianças, jovens e adultos | Desenvolvimento da capacidade de pesquisa e análise crítica de informação, promotoras da construção de um saber especializado | Desenvolvimento da capacidade de comunicar, utilizando uma variedade de linguagens e suportes, incluindo as tecnologias de informação e comunicação | Desenvolvimento de competências de autonomia para a definição das suas metas pessoais e para a construção das suas estratégias de aprendizagem | Desenvolvimento de competências de trabalho em equipa, enriquecendo a sua formação e contribuindo para a formação dos outros | Desenvolvimento de atitudes e competências necessárias ao aprender a aprender | Desenvolvimento de competências de utilização da língua materna ao nível da análise crítica, interpretação e produção de discursos orais e escritos | Desenvolvimento de competências favoráveis à produção e apreciação de diferentes tipos de manifestações artísticas (musicais, dramáticas, plásticas e corporais) | Desenvolvimento de conhecimentos teórico-práticos sobre o processo de desenvolvimento humano nas suas diferentes etapas e nas suas dimensões cognitiva, moral e sócio-afectiva | Desenvolvimento de conhecimentos teórico-práticos sobre as principais concepções sobre os processos de aprendizagem e de motivação | Desenvolvimento de competências de investigação e análise sobre as suas experiências de prática pré-profissional. [+]

Objectivos - Desenvolvimento de competências relacionais adequadas ao exercício de funções no âmbito de educação de crianças, jovens e adultos - Desenvolvimento da capacidade de pesquisa e análise crítica de informação, promotoras da construção de um saber especializado - Desenvolvimento da capacidade de comunicar, utilizando uma variedade de linguagens e suportes, incluindo as tecnologias de informação e comunicação - Desenvolvimento de competências de autonomia para a definição das suas metas pessoais e para a construção das suas estratégias de aprendizagem - Desenvolvimento de competências de trabalho em equipa, enriquecendo a sua formação e contribuindo para a formação dos outros - Desenvolvimento de atitudes e competências necessárias ao aprender a aprender - Desenvolvimento de competências de utilização da língua materna ao nível da análise crítica, interpretação e produção de discursos orais e escritos - Desenvolvimento de competências favoráveis à produção e apreciação de diferentes tipos de manifestações artísticas (musicais, dramáticas, plásticas e corporais) - Desenvolvimento de conhecimentos teórico-práticos sobre o processo de desenvolvimento humano nas suas diferentes etapas e nas suas dimensões cognitiva, moral e sócio-afectiva - Desenvolvimento de conhecimentos teórico-práticos sobre as principais concepções sobre os processos de aprendizagem e de motivação - Desenvolvimento de competências de investigação e análise sobre as suas experiências de prática pré-profissional Saídas Profissionais - Creches, Jardins-de-Infância e Escolas - Centros culturais e artísticos, museus, bibliotecas e ludotecas - Centros de educação e interactivos de Ciência e Tecnologia - Centros de formação artística - Centros de ocupação de tempos livres - Extensões educativas e de lazer de Câmaras Municipais e Juntas de Freguesia - Instituições de Solidariedade Social - Programas de Complemento Educativo Provas de Ingresso Os candidatos deverão realizar, uma das seguintes provas: - Português ou - Geografia ou - História ou - Biologia e Geologia ou - Matemática Aplicada às Ciências Sociais ou - Matemática. [-]

Licenciatura/Graduação em Secretariado

campus 3 anos September 2016 Portugal Castelo Branco

Responder de forma criativa, flexível e inovadora aos novos desafios criados pela crescente mutação do mundo contemporâneo | Dominar as novas tecnologias de comunicação e informação no âmbito do secretariado | esempenhar funções de assessoria, gerindo sectores e pessoas | Gerir o fluxo de informação na instituição | Participar na melhoria do processo de gestão | Dominar de forma fluente o português padrão oral e escrito;Dominar línguas estrangeiras. [+]

Objectivos - Responder de forma criativa, flexível e inovadora aos novos desafios criados pela crescente mutação do mundo contemporâneo - Dominar as novas tecnologias de comunicação e informação no âmbito do secretariado - Desempenhar funções de assessoria, gerindo sectores e pessoas - Gerir o fluxo de informação na instituição - Participar na melhoria do processo de gestão - Dominar de forma fluente o português padrão oral e escrito;Dominar línguas estrangeiras Saídas Profissionais - Profissionais de secretariado e assessoria de Direcção de empresas, Conselhos Directivos de instituições variadas, públicas e privadas, autarquias, institutos e empresas, assim como assessoria de relações públicas nos sectores de turismo, comércio, indústria, serviços e em organizações internacionais. - Os potenciais empregadores serão médias e grandes empresas regionais, nacionais e multinacionais, organismos internacionais, bancos, seguradoras, autarquias e outros, para os quais constituem formação indispensável dos seus quadros, os conhecimentos nas áreas das línguas, das tecnologias e do secretariado, de um modo geral Provas de Ingresso Os candidatos deverão realizar, uma das seguintes provas: - História ou - Português. [-]

Licenciatura/Graduação em Desporto e Atividade Física

campus 3 anos September 2016 Portugal Castelo Branco

Saber aplicar de forma crítica os conhecimentos em Ciências do Desporto e a capacidade de compreensão adquiridos, de forma a evidenciar uma abordagem profissional ao trabalho desenvolvido em cada uma das áreas da especialidade | Capacidade de resolução de problemas no âmbito do Desporto e Atividade Física e fundamentação da sua própria argumentação | Capacidade de compreensão de forma crítica dos métodos de recolha, análise e interpretação da informação apropriada à atividade física e desporto | Competências que permitam comunicar informação, ideias, problemas e soluções, tanto a públicos constituídos por especialistas como por não especialistas | Compreender a necessidade de abordagens multi e interdisciplinares para o estudo dos serviços, investigação e profissões do desporto | Compreender os conteúdos, através da prática reflexiva, académica e profissional | Capacidade de compreensão e consciência crítica das questões morais, éticas, estéticas, ecológicas e legais que sustentam as boas práticas. [+]

Objectivos - Saber aplicar de forma crítica os conhecimentos em Ciências do Desporto e a capacidade de compreensão adquiridos, de forma a evidenciar uma abordagem profissional ao trabalho desenvolvida em cada uma das áreas de especialidade - Capacidade de resolução de problemas no âmbito do Desporto e Actividade Física e fundamentação da sua própria argumentação - Capacidade de compreensão de forma crítica dos métodos de recolha, análise e interpretação da informação apropriada à actividade física e desporto - Competências que permitam comunicar informação, ideias, problemas e soluções, tanto a públicos constituídos por especialistas como por não especialistas - Compreender a necessidade de abordagens multi e interdisciplinares para o estudo dos serviços, investigação e profissões do desporto - Compreender os conteúdos, através da prática reflexiva, académica e profissional - Capacidade de compreensão e consciência crítica das questões morais, éticas, estéticas, ecológicas e legais que sustentam as boas práticas Saídas Profissionais - Intervenção relacionada com a actividade física e desportiva de crianças, idosos e pessoas com deficiência nos contextos mais diferenciados - Técnicos em instituições de acolhimento de pessoas com necessidades educativas especiais - Gestores de actividades e organizadores de eventos desportivos - Técnicos em contextos de actividade física orientada para o lazer, a recreação e o bem-estar das populações - Jovens, idosas e com deficiência, seja ao ar livre seja em academias ou clubes de saúde [-]

Licenciatura/Graduação em Contabilidade e Gestão Financeira

campus 3 anos Portugal

A licenciatura em Contabilidade e Gestão Financeira pretende dar especialização na área de Gestão Financeira aplicada à Contabilidade no âmbito das Empresas e dos Serviços. É ambição que os licenciados obtenham formação de técnicos de contabilidade para o exercício da profissão de Técnico Oficial de Contas. [+]

Objectivos - Preparação interdisciplinar no âmbito de um conjunto de matérias situadas nas áreas científicas da contabilidade, gestão, matemática, direito, informática, economia e auditoria; - Especialização na área de Gestão Financeira aplicada à Contabilidade no âmbito das Empresas e dos Serviços; - Formação de técnicos superiores polivalentes, podendo estes abranger segmentos variados do mercado de trabalho, para além dos inerentes à sua atividade de base; - Formação de técnicos de contabilidade para o exercício da profissão de Técnico Oficial de Contas. - Os alunos diplomados neste curso, estão dispensados da realização do estágio e do exame de Ética e Deontologia, exigidos pela Câmara dos Técnicos Oficiais de Contas, para o exercício da profissão de Técnico Oficial de Contas Saídas Profissionais - Técnicos Oficiais de Contas - Controlo Interno - Auditores Financeiros - Gestores de Empresas - Quadros de Instituições Financeiras - Consultores Financeiros e Fiscais - Docentes de Contabilidade e Gestão - Técnicos Superiores de Administração Pública (POCP) Provas de Ingresso Os candidatos deverão realizar, uma das seguintes provas: - Economia ou - Geografia ou - Matemática. [-]

Licenciatura/Graduação em Gestão Hoteleira

campus 3 anos Portugal

O curso de licenciatura de Gestão Hoteleira tem como objetivo formar técnicos superiores especializados nas áreas de gestão e administração, aptos para desenvolverem funções no sector da hotelaria, da restauração e do turismo, em geral. Pretende-se, ainda, criar um espírito empreendedor, motivado para a qualidade e criatividade, indispensáveis no sector turístico e hoteleiro. [+]

Objectivos - Formar técnicos superiores especializados nas áreas de gestão e administração, aptos para desenvolverem funções no sector da hotelaria, da restauração e do turismo em geral; - Desenvolver capacidades de comunicação, contacto humano, trabalho em equipa - Pretende-se, ainda, criar um espírito empreendedor, motivado para a qualidade e criatividade, indispensáveis no sector turístico e hoteleiro. Saídas Profissionais A Licenciatura em Gestão Hoteleira forma técnicos especializados para integrarem: - Estabelecimentos Hoteleiros - Conjuntos Turísticos - Empreendimentos Turísticos - Casas de Turismo de Habitação - Parques de Campismo - Estabelecimentos de Restauração - Estabelecimentos de Bebidas - Empresas de Organização de Eventos - Empresas Animação Turística entre outras Provas de Ingresso Os candidatos deverão realizar, uma das seguintes provas: - Economia ou - Português ou - Inglês. [-]

Licenciatura/Graduação em Gestão Turística

campus 3 anos Portugal

A licenciatura em Gestão Turística da ESGIN-IPCB tem como objetivo uma formação especializada no domínio da Gestão do Turismo, garantindo um conhecimento cientificamente fundamentado, assim como, uma formação adequada para a intervenção nas mais variadas áreas interdisciplinares. [+]

Objetivos - Dotar os alunos de competências genéricas e específicas indispensáveis ao exercício da atividade profissional; - Criar um espírito empreendedor, motivar para a qualidade e a criatividade, indispensáveis no sector turístico; - Desenvolver capacidades de comunicação, contacto humano, trabalho em equipa. Saídas Profissionais A Licenciatura em Gestão Turística forma técnicos especializados para operarem em: - Agências de Viagens - Operadores Turísticos - Empresas de Transportes - Empresas Animação Turística - Câmaras Municipais - Regiões de Turismo - Institutos Públicos entre outros Provas de Ingresso Os candidatos deverão realizar, uma das seguintes provas: - Português ou - Economia ou - Inglês. [-]

Licenciatura/Graduação em Gestão de Recursos Humanos

campus 3 anos Portugal

A licenciatura em Gestão de Recursos Humanos pretende formar técnicos especializados na área de Recursos Humanos capazes de desenvolver estratégias que envolvam funções de análise, organização e liderança de recursos humanos, assim como a elaboração e execução de estratégias que tenham em vista a melhor gestão dos recursos humanos. [+]

Objetivos - Formar técnicos especializados na área de Recursos Humanos capazes de desenvolver estratégias que envolvam funções de análise, organização e liderança de recursos humanos, elaborar e executar estratégias que tenham em vista a melhor gestão dos recursos humanos; - Formação de especialistas em Gestão de Recursos Humanos, aptos apara exercer a profissão, tanto no âmbito da empresa privada como da Administração Pública; - Proporcionar aos alunos metodologias, técnicas e ferramentas de trabalho específicas da área de Gestão de Recursos Humanos (planear e analisar funções; organizar; gerir e avaliar a formação; gerir carreiras e remunerações; executar ações de relações públicas; elaborar diagnósticos de intervenção nas organizações; diagnosticar conflitos em contextos organizacionais, etc.); - Desenvolver capacidades de investigação aplicada nos domínios da Gestão de Recursos Humanos, familiarizando os alunos com as modernas metodologias e com as atuais técnicas no domínio da gestão de pessoas; - Procurar incentivar nos alunos a autonomia pessoal, o espírito crítico e de liderança e o gosto pela inovação e mudança, num contexto de convergência de objetivos individuais e organizacionais. Saídas Profissionais - Auditores Sociais - Técnicos de Recursos Humanos - Consultores na área de Recursos Humanos - Gestores de Empresas - Gestores de Comportamento Organizacional - Consultores de Formação Profissional - Gestores de Comunicação - Relações Públicas Provas de Ingresso Os candidatos deverão realizar, uma das seguintes provas: - Economia ou - Matemática ou - Português. [-]

BA

Licenciatura/Graduação em Design de Comunicação e Produção Audiovisual

campus 3 anos September 2016 Portugal Castelo Branco

Desenvolvimento da criatividade e da imaginação, aliado à capacidade de análise e exploração dos materiais, processos e novas tecnologias capazes de dar respostas adequadas e inovadoras face aos problemas suscitados pelo mundo actual | Pretende-se a formação de quadros nas áreas específicas do Design Gráfico, Multimédia e Produção Audiovisual, capazes de integrar estúdios de design gráfico, agências de publicidade, editores e gabinetes de criação de imegem de empresas. [+]

Objectivos - Desenvolvimento da criatividade e da imaginação, aliado à capacidade de análise e exploração dos materiais, processos e novas tecnologias capazes de dar respostas adequadas e inovadoras face aos problemas suscitados pelo mundo actual - Pretende-se a formação de quadros nas áreas específicas do Design Gráfico, Multimédia e Produção Audiovisual, capazes de integrar estúdios de design gráfico, agências de publicidade, editores e gabinetes de criação de imegem de empresas. Saídas Profissionais - Director Criativo - Designer Gráfico - Designer Multimédia - Operador de Imagem - Editor de Vídeo - Realizador de TV Provas de ingresso Os candidatos deverão realizar, uma das seguintes provas: - Desenho ou - Geometria Descritiva ou - História da Cultura e Artes. [-]

Licenciatura/Graduação em Design de Interiores e Equipamento

campus 3 anos September 2016 Portugal Castelo Branco

Adquirir conhecimentos teóricos e práticos capazes de orientar o aluno na prática projectual | Incentivar uma atitude conceptual criativa por parte do aluno em resposta a um programa funcional e simbólico, incorporando nos seus projectos exigências regulamentares e ergonómicas | Fazer uso de metodologias processuais fundamentais para traduzir ideias e alcançar soluções, nomeadamente o desenho, explorando graficamente a representação de interiores e do respectivo mobiliário, iluminação, materiais, complementado pelo recurso a maquetas | Aplicar soluções sustentáveis sob o ponto de vista ambiental e da reciclagem de elementos pré-existentes | Sustentar as soluções projectuais através de representação técnica adequada a fim de garantir a sua execução em obra. [+]

Objectivos Formação de quadros nas áreas específicas do design de interiores, capazes de integrar gabinetes de desenho de interiores, de desenho de mobiliário e equipamento, vitrinismo e realização do espectáculo, nomeadamente na área da cenografia Saídas Profissionais - Director Criativo - Designer de Interiores - Maquetista - Cenógrafo - Vitrinista - Decorador - Desenhador de Mobiliário e Equipamento Provas de Ingresso Os candidatos deverão realizar, uma das seguintes provas: - Desenho ou - Geometria Descritiva ou - História da Cultura e Artes. [-]

Licenciatura/Graduação em Design de Moda e Têxtil

campus 3 anos September 2016 Portugal Castelo Branco

Desenvolvimento da criatividade e da imaginação, aliado à capacidade de análise e exploração dos materiais, processos e novas tecnologias capazes de dar respostas adequadas e inovadoras face às solicitações do tecido produtivo | Formação de quadros no domínio da criação artística dos têxteis e da moda | Formação sólida ao nível da metodologia projectual, tendo em atenção a fundamentação teórica e a utilização dos meios e instrumentos mais potenciadores e inovadores, garantindo assim uma genuína, complexa e interiorizada experiência disciplinar e dos valores estéticos e perceptivos da realidade cultural e social. [+]

Objectivos - Desenvolvimento da criatividade e da imaginação, aliado à capacidade de análise e exploração dos materiais, processos e novas tecnologias capazes de dar respostas adequadas e inovadoras face às solicitações do tecido produtivo - Formação de quadros no domínio da criação artística dos têxteis e da moda - Formação sólida ao nível da metodologia projectual, tendo em atenção a fundamentação teórica e a utilização dos meios e instrumentos mais potenciadores e inovadores, garantindo assim uma genuína, complexa e interiorizada experiência disciplinar e dos valores estéticos e perceptivos da realidade cultural e social Saídas Profissionais - Designer de Moda - Designer Têxtil - Consultores de moda e/ou imagem para a moda - Stylist - Editores e comunicadores de moda - Ilustradores de moda - Criadores/curadores de guarda-roupa de espectáculos e artes cinematográficas. Provas de Ingresso Os candidatos deverão realizar, uma das seguintes provas: - Desenho ou - Geometria Descritiva ou - História da Cultura e Artes. [-]

Vídeos

Castelo Branco Polytechnic Institute

Contacte
Morada
Av. Pedro Álvares Cabral, 12
Castelo Branco, 6000-084 PT
Local de visita

Castelo Branco, PT
Local de visita
Idanha-a-Nova, PT